Saltar para o conteúdo

10 substitutos para o alho francês que vão ganhar o seu jogo de culinária

10 substitutos do alho francês que vão ganhar o seu jogo de culinária

Sharing is caring!

Não são os alimentos preferidos de toda a gente, mas os alhos-franceses são uma excelente adição a vários tipos de pratos, pelo que é ótimo tê-los à mão. 

São muito semelhantes às cebolas e aos alhos, uma vez que fazem parte da mesma família das cebolas ou Allium. Também têm um sabor semelhante, apenas um pouco mais suave e, para ser honesto, parecem uma cebola extra grande. 

Quando não se tem nenhum à mão, é lógico dizer que a cebola e o alho podem ser um substituto adequado. Mas quais são os outros substitutos do alho francês a procurar?

A lista é bastante longa e está à espera de ser explorada. 

1. Chalotas

Chalotas numa tigela castanha

Como se pode concluir da introdução, a cebola é a melhor alternativa ao alho francês. No entanto, não existe apenas um tipo de cebola. As chalotas são um tipo de cebola mais pequeno e de sabor mais suave do que as cebolas normais, o que as torna um ótimo substituto. 

Prós:

- Perfil de sabor semelhante: As chalotas têm um sabor delicado e suave que é semelhante ao do alho francês, o que as torna um bom substituto em muitas receitas.

- Tamanho: As chalotas são muito mais pequenas do que os alhos franceses, o que significa que são mais fáceis de cortar e de cozinhar. Isto pode poupar tempo e esforço na cozinha.

- Disponibilidade: As chalotas estão mais disponíveis do que o alho francês em muitas áreas, o que as torna uma opção mais conveniente para muitos cozinheiros domésticos.

Contras:

- Textura diferente: As chalotas têm uma textura mais firme do que os alhos franceses, o que pode torná-las menos desejáveis em receitas em que se pretende uma textura suave, que derreta na boca.

- Aroma: As chalotas têm um aroma mais forte do que o alho francês, que pode ser demasiado forte em alguns pratos.

Como utilizar como substituto: 

Como já sabe, as chalotas são bastante pequenas em comparação com o alho francês, o que significa que terá de utilizar uma quantidade maior quando as substituir. 

A regra geral é utilizar 2 chalotas grandes ou 4 chalotas médias para 1 alho francês grande (1 chávena de alho francês picado). 

É necessário prepará-las corretamente, descascando a pele exterior das chalotas e cortando-as em fatias finas. 

Uma vez que os alhos franceses são salteados na maioria das receitas, não é descabido fazer exatamente a mesma coisa com as chalotas. Salteie-as numa frigideira com um pouco de óleo ou manteiga até ficarem macias e translúcidas. Isto ajudará a realçar o seu sabor e aroma. 

Pode utilizar chalotas em muitas receitas que requerem alho francês, e as melhores incluem sopas, salteados ou risottos. Também podem ser utilizadas como cobertura para pizzas e pães planos. 

2. Cebolas doces ou brancas

Cebolas brancas

As cebolas doces ou brancas são um dos tipos de cebolas mais comuns no mundo da culinária. Uma vez que as cebolas, em geral, são consideradas muito semelhantes ao alho francês, não é de admirar que possam servir como um bom substituto. 

Prós:

- Sabor semelhante: Embora o sabor das cebolas seja mais forte e mais acentuado do que o do alho francês, as cebolas doces ou brancas podem proporcionar um perfil de sabor semelhante em muitos pratos.

- Disponibilidade: Ao contrário do alho francês, as cebolas doces e brancas podem ser encontradas em quase todas as mercearias ou supermercados. 

- Custo: As cebolas doces e brancas são geralmente mais baratas do que o alho francês, o que pode ser uma opção económica quando se cozinha com um orçamento limitado.

Contras:

- Sabor mais forte: O sabor mais forte das cebolas pode não ser adequado para todas as receitas, particularmente aquelas que requerem um perfil de sabor mais delicado.

- Textura: As cebolas têm uma textura diferente do alho francês e podem ficar moles se forem demasiado cozinhadas, o que pode afetar a textura geral do prato.

- Dificuldade de preparação: As cebolas podem ser mais difíceis de preparar do que os alhos franceses porque têm de ser descascadas e podem queimar os olhos quando as cortam.

Como utilizar como substituto:

A cebola é um ótimo substituto para o alho francês, uma vez que tem um perfil de sabor semelhante. 

Por esse motivo, a regra geral é utilizar menos, ou seja, utilizar 1 cebola média para 1 alho francês grande (1 chávena picada).

As cebolas doces são ideais porque têm o sabor mais suave (semelhante ao do alho francês), mas as cebolas brancas também podem funcionar perfeitamente se não exagerar. Evitar cebolas amarelas porque têm o sabor mais forte em comparação com as cebolas doces.

As cebolas doces caramelizam bem devido ao seu teor de açúcar, pelo que podem ser perfeitas para assar, fazer saladas e sanduíches. 

As cebolas brancas, por outro lado, são um ótimo complemento para pratos como saladas, salsas ou guacamole. 

3. Cebolas verdes

Cebolas verdes

As cebolas verdes, também conhecidas como cebolinhas, são colhidas quando ainda são jovens e antes de o bolbo se ter desenvolvido completamente. Parecem uma versão mais pequena do alho-francês e têm um perfil de sabor semelhante aos sabores da cebola e do alho-francês. 

Prós:

- Sabor: A cebola verde tem um sabor suave e ligeiramente doce, semelhante ao do alho francês, mas não tão forte. Isto torna-as um bom substituto em receitas onde se pretende manter um perfil de sabor delicado.

- Textura: A cebola verde tem uma textura semelhante à do alho francês, o que pode torná-la um bom substituto em pratos onde a textura é importante.

- Disponibilidade: As cebolas verdes estão amplamente disponíveis na maioria das mercearias, o que as torna um substituto conveniente para o alho francês.

Contras:

- Utilização limitada: Embora possam servir como substitutos em muitas receitas, as cebolinhas verdes não são uma boa alternativa em receitas em que se deseja o sabor principal do alho francês ou um sabor forte de cebola. 

- Tamanho mais pequeno: As cebolas verdes são mais pequenas do que os alhos franceses, pelo que poderá ser necessário utilizar mais para obter o sabor desejado.

Como utilizar como substituto:

As cebolinhas ou cebolinhas verdes são muito mais pequenas do que os alhos franceses, pelo que poderá ser necessário um maior número delas quando as utilizar como substituto. 

A minha recomendação é utilizar 1 alho francês grande com 6-8 cebolinhas na sua receita e obterá quase o mesmo sabor. 

Adicione-as cruas em sopas, omeletas, tacos ou caçarolas como guarnição. Se as adicionar a pratos cozinhados, utilize-as no final do processo de cozedura.

Mais uma nota. Uma vez que têm um sabor mais suave do que o alho-francês, poderá ter de ajustar os temperos da sua receita para obter o sabor desejado. Prove o prato enquanto o cozinha e adicione sal, pimenta ou outros temperos conforme necessário.

4. Alho verde

Alho verde

O alho verde, também conhecido como alho bebé, é uma planta de alho jovem e imatura que é colhida antes de o bolbo estar completamente formado. Parece uma cebola verde, mas tem um sabor distinto a alho. Pode servir como um bom substituto em algumas receitas.

Prós:

- Sabor único: Embora não tenha o mesmo sabor que o alho-francês e o alho maduro, tem um sabor suave e doce único que pode acrescentar profundidade e complexidade ao seu prato. 

- Benefícios nutricionais: Tal como o alho maduro, o alho verde é rico em antioxidantes e tem propriedades antimicrobianas que podem ajudar a reforçar o seu sistema imunitário.

Contras:

- Sabor diferente: O alho verde tem o mesmo sabor que o alho normal, com sabores semelhantes aos da cebola, o que não é exatamente o mesmo que o do alho francês. 

- Textura diferente: O alho verde tem uma textura diferente do alho francês. É mais macio e mais tenro, o que pode afetar a textura de um prato se não for utilizado corretamente.

- Disponibilidade: O alho verde não está tão disponível como o alho francês, o que pode tornar difícil encontrá-lo. 

Como utilizar como substituto:

O alho verde tem um sabor mais suave do que o alho francês, pelo que poderá ser necessário utilizar mais alho para obter o sabor desejado. 

Regra geral, pode substituir cada alho francês por 2-3 pés de alho verde.

Para preparar o alho verde, basta cortar as extremidades das raízes e retirar as camadas exteriores duras e fibrosas dos talos de alho verde. Em seguida, corte os talos em rodelas finas e adicione-os ao seu prato de cozinha. 

Não se pode utilizar alho verde em todos os pratos devido aos diferentes perfis de sabor. Esta substituição funciona quando o alho-francês é utilizado como um dos ingredientes e não é necessário demasiado.

5. Cebola em pó

Cebola em pó num recipiente cinzento

Uma especiaria feita a partir de cebolas desidratadas e moídas, a cebola em pó pode funcionar bem nos pratos em que o alho francês não é o ingrediente principal. Logicamente, não lhe dará a mesma textura, mas pode ser uma boa alternativa de sabor em alguns pratos. 

Prós:

- Sabor concentrado: A cebola em pó tem um sabor concentrado, pelo que uma pequena quantidade é suficiente. Isto pode ser útil quando se está a tentar replicar o sabor do alho francês num prato.

- Disponibilidade: A cebola em pó é uma especiaria de uso comum que pode ser encontrada na maioria das mercearias, o que a torna um substituto acessível para o alho francês.

- Longa vida útil: A cebola em pó tem um prazo de validade longo e pode ser guardada na despensa ou no armário das especiarias, o que a torna uma opção conveniente para quem não tem alho francês fresco à mão.

Contras:

- Textura: Obviamente, a cebola em pó não tem a textura do alho francês fresco ou salteado, o que, consequentemente, afecta a textura geral do prato. 

- Perfil de sabor: Embora a cebola em pó tenha um sabor semelhante ao do alho francês, falta-lhe a doçura subtil e as notas herbáceas que o alho francês proporciona. Isto pode fazer com que o prato final tenha um sabor ligeiramente diferente do que se tivesse usado alho francês fresco.

- Aditivos: Algumas marcas comerciais de cebola em pó podem conter aditivos ou conservantes que podem afetar o sabor e o valor nutricional do prato final.

Como utilizar como substituto:

Como já sabe, a cebola em pó tem um sabor mais concentrado do que o alho francês, pelo que é essencial utilizá-la com moderação. 

É preferível utilizar 1 colher de chá de cebola em pó para 1 alho francês grande (1 chávena picada). 

Utilize a cebola em pó em vez do alho francês fresco, adicionando-a ao prato durante o processo de cozedura. Por exemplo, se estiver a fazer uma sopa ou um guisado, pode adicionar uma pequena quantidade de cebola em pó juntamente com outros temperos para dar sabor ao prato.

Também o pode utilizar como tempero, especialmente se quiser imitar o sabor do alho francês. Por exemplo, pode polvilhar uma pequena quantidade em vegetais assados, carnes grelhadas ou mesmo em pipocas para dar mais sabor. É uma óptima adição de sabor às populares batatas fritas Frech ou Batatas fritas do Kennebec.

6. Aipo

Aipo numa tábua de madeira

O aipo é um tipo de vegetal muito utilizado em muitas cozinhas de todo o mundo. Este vegetal que começa por c tem um sabor suave e, juntamente com a chalota, a cebola branca e a cebola doce, combina com o perfil geral de sabor que advém da utilização do alho francês.

Prós:

- Sabor semelhante: O aipo tem um sabor ligeiramente amargo e herbáceo que pode complementar muitos dos mesmos pratos que o alho francês, tornando-o um substituto adequado.

- Nutrição: O aipo está repleto de vários antioxidantes que são benéficos para combater o stress oxidativo e a inflamação. Também é rico em vitaminas A, C e K, bem como em potássio e folato. 

- Disponibilidade: O aipo está mais disponível e é mais barato do que o alho francês na maioria das mercearias, o que o torna um substituto mais acessível.

Contras:

- Textura: Enquanto o alho francês é macio e sedoso, o aipo é estaladiço e fibroso. Isto pode afetar a textura geral e a sensação na boca do prato.

- Aroma: O alho francês tem um aroma único e doce que é difícil de reproduzir. O aipo não tem o mesmo aroma, o que pode alterar o aroma geral do prato.

Como utilizar como substituto:

O aipo pode ser preparado de forma semelhante ao alho francês, lavando-o, cortando-o e cortando-o em fatias finas. É importante remover as partes duras e fibrosas do aipo antes de o utilizar, uma vez que estas podem ser desagradáveis de comer.

Além disso, pode utilizar livremente a mesma quantidade de aipo que a receita exige para os alhos franceses. 

Ao cozinhá-lo, é importante ajustar o tempo de cozedura em conformidade, uma vez que o aipo cozinha mais rapidamente do que o alho francês. 

Em pratos como sopas ou guisados, pode querer adicionar o aipo mais tarde no processo de cozedura para evitar que fique mole.

Nos pratos em que o alho-francês é salteado, como quiches ou frittatas, pode saltear o aipo da mesma forma, mas mantenha-o debaixo de olho para evitar que se queime.

7. Funcho 

Funcho 

O funcho é uma planta originária da região mediterrânica, mas atualmente é amplamente cultivada e utilizada em várias partes do mundo. A sua base bulbosa é utilizada como legume na culinária e, embora não seja um substituto perfeito, pode funcionar em alguns pratos. 

Prós:

- Textura: O funcho tem uma textura semelhante à do alho francês, o que o torna um bom substituto em receitas em que a textura do vegetal é importante.

- Benefícios nutricionais: A parte do funcho utilizada na cozinha, o bolbo de funcho, é altamente nutritiva, ou seja, contém uma grande quantidade de fibras, vitamina C, potássio e manganês, e também tem uma quantidade razoável de cálcio, ferro e magnésio. 

Contras:

- Perfil de sabor diferente: Ao contrário do alho-francês, o funcho tem um sabor a anis que pode alterar o sabor geral do prato que requer alho-francês. 

- Aparência: O funcho tem uma forma semelhante a um bolbo e frondes verdes, enquanto o alho francês tem longos talos brancos e verdes claros. Isto pode afetar o aspeto do prato, especialmente se for um componente visual da receita.

- Disponibilidade: O funcho pode não estar tão disponível como o alho francês, tornando-o mais difícil de encontrar como substituto.

Como utilizar como substituto:

Em primeiro lugar, é necessário preparar corretamente o funcho, uma vez que terá de utilizar apenas o bolbo de funcho. 

Para o fazer, corte os talos e as frentes emplumadas e remova quaisquer camadas exteriores duras ou descoloradas. Corte o bolbo ao meio longitudinalmente, retire o núcleo duro e, em seguida, corte-o em fatias finas ou pique-o em pedaços pequenos.

Depois de o preparar, pode adicioná-lo ao prato da mesma forma que adicionaria alho francês. 

Geralmente, pode utilizar aproximadamente a mesma quantidade de funcho que de alho-francês, mas pode querer provar o prato à medida que o faz e ajustar o tempero e outros ingredientes conforme necessário.

Pode utilizar funcho no prato que pede alho-francês salteado, mas terá de saltear primeiro o funcho num pouco de óleo ou manteiga na frigideira. Depois de o fazer, pode adicioná-lo a sopas, guisados e caçarolas em vez de alho francês. 

Por fim, pode adicionar o funcho cru a saladas e pratos de acompanhamento. Corte o funcho em fatias finas e misture-o com outros vegetais, frutas e molhos para criar um prato saboroso e saudável.

8. Cebolinho

Cebolinho

O cebolinho não é de todo um legume, mas sim uma erva. Mas são da família Allium, a mesma família do alho, da cebola e do alho-francês. Uma vez que não são um vegetal, não são uma escolha perfeita, mas podem funcionar como substitutos em alguns casos. 

Prós:

- Sabor: O cebolinho tem um sabor suave, semelhante ao da cebola, que é muito parecido com o do alho francês. Não é exatamente a mesma coisa, mas pode funcionar em alguns pratos até certo ponto. 

- Utilização: O cebolinho é fácil de cortar e pode ser adicionado aos pratos sem necessidade de cozedura, o que o torna um substituto conveniente do alho francês.

- Nutrição: São uma substituição saudável, uma vez que são uma boa fonte de antioxidantes, bem como de vitaminas A, C e K. O cebolinho também contém uma boa quantidade de folato, cálcio e potássio. 

Contras:

- Textura: O cebolinho tem uma textura muito mais fina do que o alho francês, o que pode afetar a textura geral de um prato quando utilizado como substituto.

- Disponibilidade: O cebolinho pode não estar tão disponível como o alho francês, tornando-o mais difícil de encontrar como substituto.

Como utilizar como substituto:

Uma vez que não são legumes mas ervas aromáticas, o cebolinho é utilizado de forma diferente nas receitas. 

Geralmente, pode utilizar aproximadamente a mesma quantidade de cebolinho que de alho-francês, mas pode querer provar o prato à medida que o faz e ajustar o tempero e outros ingredientes conforme necessário.

Como têm uma textura fina, é importante cortá-los finamente antes de os utilizar como substitutos do alho francês.

A minha recomendação é utilizá-las cruas. O melhor é simplesmente polvilhar o cebolinho finamente picado sobre o prato, ou misturá-lo com os outros ingredientes.

Adicione-os sempre no final do processo de cozedura, pois isso ajudará a preservar o seu sabor e textura. 

Finalmente, devido às diferentes texturas, podem não funcionar tão bem como substitutos em pratos em que a textura do vegetal é importante. No entanto, podem ser um bom substituto em pratos em que o sabor é o fator mais importante.

Na minha opinião, é preferível utilizá-las como guarnição. 

9. Salsa

Salsa numa tábua de madeira

Tal como o cebolinho, a salsa também é uma erva e pertence à família das Apiaceae, que também inclui outras ervas populares como coentros, culantro, o endro e o funcho. É uma adição popular a muitos pratos e pode ser um bom substituto para o alho francês. 

Prós:

- Sabor: Apesar de não ser igual ao sabor suave e ligeiramente doce do alho-francês, a salsa pode acrescentar um sabor fresco e herbáceo a um prato que necessite de alho-francês, o que a torna um bom substituto. 

- Disponibilidade: A salsa está amplamente disponível nas mercearias e pode ser encontrada fresca ou seca, o que a torna um substituto fácil para o alho francês.

- Valor nutricional: A utilização de salsa como substituto do alho francês pode dar um impulso nutricional aos pratos, uma vez que é uma boa fonte de vitaminas A, C e K, bem como de vários antioxidantes. 

Contras:

- Textura: A salsa tem uma textura muito diferente do alho francês. Nomeadamente, a salsa é uma erva de folhas, enquanto o alho francês tem uma base bulbosa e folhas longas e grossas.

- Processo de cozedura diferente: A salsa é uma erva delicada que deve ser adicionada aos pratos no final do processo de cozedura, enquanto o alho francês é frequentemente cozinhado durante períodos mais longos para suavizar a sua textura. 

Como utilizar como substituto:

Embora a salsa possa dar um sabor único e refrescante ao prato, tem de saber que não lhe dará o mesmo sabor e textura que o alho francês. 

Por esse motivo, é preferível adicionar salsa a alguns tipos de pratos em que o sabor e a textura são menos importantes, como em sopas e guisados. 

Se a textura for importante, pode tentar ajustá-la adicionando outros ingredientes que possam proporcionar uma textura semelhante, como cenouras picadas, aipo ou cebolas.

Por último, os alhos franceses são geralmente adicionados no início do processo de cozedura e são frequentemente cozinhados durante períodos mais longos para suavizar a sua textura.

Esta regra não se aplica à salsa, uma vez que é melhor adicioná-la no final do processo de cozedura. 

10. Espinafres

Espinafres numa tigela castanha

Os espinafres são um dos legumes mais populares, e não é sem razão. É um vegetal verde folhoso e muito nutritivo. Está em último lugar na nossa lista porque não partilha muitas semelhanças com o alho francês, mas pode servir como um bom substituto em alguns pratos. 

Prós:

- Valor nutricional: Os espinafres são um dos vegetais de folha verde mais nutritivos, pois são ricos em vitaminas A e C, ferro e outros minerais essenciais. É também muito baixo em calorias, o que o torna uma alternativa muito saudável ao alho francês. 

- Disponibilidade: Os espinafres estão disponíveis durante todo o ano na maioria das mercearias, o que os torna um substituto conveniente para o alho-francês se não os encontrar ou se estiverem fora de época.

- Sabor para todos os pratos: Embora o espinafre tenha um perfil de sabor diferente do alho-francês, tem um sabor suave e ligeiramente doce que pode funcionar bem em certas receitas como substituto do sabor mais picante do alho-francês.

Contras:

- Textura: Ao contrário dos alhos-franceses firmes e estaladiços, os espinafres são muito mais macios e podem até tornar-se pastosos quando cozinhados durante demasiado tempo. Isto pode ser um problema se estiver a utilizar alhos franceses para dar textura ou crocância a um prato.

- Sabor diferente: Embora os espinafres tenham um sabor suave e ligeiramente doce, não têm o sabor distinto do alho-francês, semelhante ao da cebola. Se estiver a usar alho francês pelo seu perfil de sabor único, os espinafres podem não ser o melhor substituto e podem resultar num prato menos saboroso.

Como utilizar como substituto:

Embora não seja uma alternativa perfeita, os espinafres podem ser adicionados a alguns pratos como substitutos do alho francês. 

Por exemplo, pode adicioná-lo a sopas e guisados se estiver a utilizar alho-francês para dar sabor. 

Pode substituí-los por espinafres, salteando uma grande quantidade de espinafres em manteiga ou óleo até murcharem e reduzirem de volume. 

Pode então adicionar os espinafres à sopa ou ao guisado no final do tempo de cozedura para garantir que não ficam demasiado moles.

Alguns outros tipos de pratos em que os espinafres podem substituir o alho-francês incluem saladas, pratos de massa, quiches e frittatas. A salada de espinafres, por exemplo, é um ótimo acompanhamento para sandes.