Saltar para o conteúdo

O que é a carne de Cappacuolo e como utilizá-la na cozinha?

O que é a carne de Cappacuolo e como utilizá-la na cozinha?

Sharing is caring!

Provavelmente já ouviu falar do prosciutto, a carne de porco curada a seco, originária de Itália. Os seus parentes menos conhecidos também provêm de Itália e são igualmente curados a seco. 

É conhecida por vários nomes, incluindo Cappacuolo, Cappacollo e Capicola. Trata-se de uma carne curada feita a partir da espádua ou do pescoço de porco, curada a seco com sal, açúcar e nitratos, o que a mantém fresca durante muito tempo se for corretamente conservada. 

É um aperitivo saboroso que pode ser apreciado em várias ocasiões, principalmente em pratos de carne. Por isso, se quiser saber tudo sobre este clássico italiano, o seu perfil de sabor e utilizações culinárias, bem como a forma de o confecionar, veio ao sítio certo.  

Tudo sobre a carne de Cappacuolo

Carne de capicola sobre a mesa

O Cappacuolo ou Capicola é um dos melhores substitutos para o prosciutto preferido de todose algumas pessoas preferem-no de facto.  

É produzido pelo processo de cura a seco, uma técnica tradicional italiana, que envolve a utilização de sal, açúcar e nitratos. O sal e o açúcar servem para extrair a humidade da carne, enquanto os nitratos são utilizados para inibir o crescimento bacteriano. 

A parte da carne de porco utilizada para o fabrico deste tipo específico de carne é o músculo que vai do pescoço até à quarta ou quinta costela da pá do porco. 

A palavra "cappacuolo" deriva da palavra italiana "capo", que significa cabeça, e "cuollo", que significa pescoço.

As raízes do Capocollo remontam ao campo rústico de Itália, onde a conservação da carne era essencial para sustentar as comunidades ao longo das estações. 

Já na época romana, os antigos italianos desenvolveram técnicas para curar a espádua e o pescoço do porco, tirando o máximo partido da sua abundante oferta de carne de porco.

Nos tempos modernos, o Capocollo continua a ser venerado como uma oferta culinária italiana icónica e um ingrediente popular em Spuntini

A sua popularidade ultrapassou fronteiras, chegando aos mercados internacionais e influenciando a paisagem culinária mundial.

A arte de fazer Capocollo

No centro da elaboração do "Capocollo" está a seleção do corte nobre - a pá ou o pescoço do porco. Este corte de eleição, com o seu equilíbrio ideal entre marmoreado e tenrura, constitui a base da obra-prima final.  

Meticulosamente aparada para remover o excesso de gordura e o tecido conjuntivo, a carne é preparada para as próximas etapas cruciais do processo de cura.

Para infundir o Capocollo com os seus sabores característicos, é utilizada uma combinação de sal, especiarias e, por vezes, o sabores do vinho ou outros aromas são meticulosamente aplicados na superfície da carne. 

Cada artesão pode ter a sua mistura secreta de especiarias, muitas vezes incluindo pimenta preta, sementes de funcho, alho e outros ingredientes regionais, resultando em perfis de sabor matizados.

Depois de temperada, a carne é cuidadosamente embrulhada, dando-lhe a sua forma cilíndrica caraterística, o que ajuda a distribuir uniformemente os sabores durante o processo de cura. 

Tradicionalmente, o Capocollo embrulhado era pendurado numa cave fresca e seca, permitindo uma transformação lenta que demorava vários meses.

A magia do Capocollo reside no processo de cura a seco e de envelhecimento. Durante este tempo, a humidade é gradualmente retirada da carne, intensificando os sabores e criando a sua textura distinta.

Com o passar das semanas, o Capocollo desenvolve o seu aspeto marmoreado único e adquire uma bela tonalidade vermelho-rosada, que pode ser encontrada em pratos de carne em todo o mundo. 

Sabores e aromas deste clássico italiano

Carne de capicola

Esta carne curada italiana é uma deliciosa fusão de notas doces e salgadascomplementado por uma cuidadosa seleção de especiarias e ervas aromáticas utilizadas na sua preparação.

A doçura suave, que resulta do processo de cura e da doçura natural da carne de porco, é equilibrada harmoniosamente com um perfil umami saboroso, derivado da mistura requintada de sal e especiarias.

O inconfundível aroma de Capocollo seduz o nariz, convidando à antecipação a cada cheirada. 

A fragrância é uma sinfonia de especiarias, com as notas ousadas da pimenta preta e o calor subtil das sementes de funcho. Os tons de alho e as ervas regionais, dependendo da receita específica, acrescentam complexidade ao aroma global.

O processo de cura lento e meticuloso permite que estes sabores e aromas se desenvolvam plenamente, transformando a carne de porco comum numa obra-prima culinária. 

À medida que a carne envelhece, ganha profundidade e carácter, com cada dia que passa a contribuir para o seu sabor excecional.

O resto é consigo - pode apreciar esta combinação de sabores maravilhosos por si só, ou pode combiná-la com outros ingredientes saborosos (frutas frescas, queijo ou pão) para criar uma experiência ainda mais deliciosa. 

Como utilizá-lo na cozinha?

Desde pratos tradicionais italianos a pratos de fusão contemporâneos, a versatilidade do Capocollo torna-o um ingrediente apreciado tanto por cozinheiros domésticos como por chefes profissionais. Então, vamos dar uma olhada em algumas maneiras de usar seus sabores mágicos. 

Panini italiano clássico

Panini italiano

Abrace a essência da simplicidade italiana, preparando um delicioso panini de Capocollo. 

Camada de Capocollo em fatias finas com queijo provolone, tomates frescos e rúcula apimentada entre fatias de pão rústico. 

Torradas na perfeição para uma sanduíche quente e satisfatória que personifica o coração da cozinha italiana.

Experimente também alguns destes melhores acompanhamentos para sandes

Prato de antepasto elegante

Eleve qualquer reunião com uma cativante travessa de antepasto adornada com finos cachos de Capocollo. 

Combine a carne curada com uma variedade de queijos, azeitonas, legumes marinados e pão estaladiço. 

A interação de sabores e texturas convida os hóspedes a saborear uma verdadeira experiência de inspiração italiana.

Perfeição culinária da pizza

Transforme uma noite de pizza comum numa delícia gourmet, colocando delicadas fatias de Capocollo sobre a sua pizza caseira ou comprada. 

Combine-o com rúcula fresca, cebolas caramelizadas e um fio de esmalte balsâmico para uma mistura harmoniosa de sabores.

Sensações de salada

Abrace o contraste refrescante de sabores incorporando Capocollo em saladas. 

Delicie-se com a combinação de Capocollo com frutas da época, como figos ou melão, complementada por queijo de cabra cremoso e temperada com vinagrete balsâmico.

Extravagância de charcutaria

Organize uma tábua de charcutaria artesanal com Capocollo como peça central. 

Combine-o com uma variedade de carnes curadas, queijos, frutos secos, nozes e uma seleção de condimentos salgados para uma experiência inesquecível.

Existem algumas considerações de saúde?

Capocollo

Embora o Capocollo seja uma delícia culinária apreciada pelos seus sabores requintados, é essencial considerar os seus aspectos nutricionais e implicações para a saúde. 

Tal como acontece com qualquer carne curada, apreciar o Capocollo com moderação e como parte de uma dieta equilibrada é fundamental para saborear as suas qualidades deliciosas de forma responsável.

- Perfil nutricional: O Capocollo é uma fonte rica em proteínas, essenciais para a construção e reparação dos tecidos do corpo. 

Contém também vitaminas e minerais, incluindo vitamina B12, zinco, selénio e ferro, que são cruciais para várias funções corporais.

- Teor de gordura: Sendo uma carne curada, o Capocollo contém uma quantidade significativa de gordura, o que contribui para a sua textura tenra e sabor. 

Embora algumas gorduras sejam benéficas, é essencial ter em atenção o teor global de gordura e optar por cortes mais magros sempre que possível.

- Preocupações com o sódio: As carnes curadas, incluindo o Capocollo, tendem a ser ricas em sódio devido ao processo de cura. O consumo excessivo de sódio pode contribuir para a hipertensão arterial e outros problemas de saúde, pelo que deve sempre apreciar estas carnes com moderação. 

- Processamento e aditivos: O Capocollo produzido comercialmente pode conter conservantes, nitratos ou nitritos, que ajudam a conservar a carne e a realçar a sua cor. 

No entanto, se consumido em quantidades elevadas, pode ser prejudicial para a saúde. 

- Consumo equilibrado: Para desfrutar dos sabores do Capocollo e manter uma dieta equilibrada, considere incorporá-lo em refeições que incluam frutas frescas, legumes, cereais integrais e fontes de proteína magra.

Desta forma, manterá as coisas no lado saudável. 

- Controlo das porções: É essencial ter em atenção o tamanho das porções quando se consome Capocollo. Um pouco é muito importante em termos de sabor, e porções moderadas permitirão apreciar o seu sabor sem exagerar.- Alternativas dietéticas: Se as considerações de saúde forem uma preocupação primordial, explorar alternativas como cortes de carne mais magros, opções à base de plantas ou reduzir a frequência do consumo de carne curada podem ser escolhas viáveis.

Noções básicas sobre a carne de capocollo, capicola ou cappacuolo + receita