Saltar para o conteúdo

A mistura para panquecas estraga-se e o que fazer se ela expirar?

A mistura para panquecas estraga-se e o que fazer se expirar?

Sharing is caring!

Quando não sei como satisfazer a minha vontade de comer doces, opto sempre por umas panquecas. Há tantas maneiras de as fazer e vários recheios deliciosos para as tornar ainda mais perfeitas. 

Uma vez que a sua imaginação culinária é o limite no que diz respeito aos ingredientes, uma mistura fresca para panquecas é uma obrigação quando as prepara. 

A mistura para panquecas está disponível em muitas mercearias e é bastante simples de utilizar, mas a questão do manuseamento e do prazo de validade não é muitas vezes clara. 

Então, a mistura para panquecas estraga-se? A boa notícia é que não se estraga facilmente e, certamente, não se estraga da forma tradicional, ou seja, como a maioria dos outros tipos de alimentos e ingredientes. 

Infelizmente, isso não significa que não possa ser perigoso para algumas pessoas e que não perca a sua qualidade, pelo que é importante saber mais. 

A mistura para panquecas pode estragar-se?

dose de mistura para panquecas

Ao responder a esta pergunta, é necessário definir com exatidão o termo "estragado". Se significa que os alimentos se estragam quando as bactérias nocivas surgem ao fim de algum tempo, como acontece com o frango, por exemplo, então a mistura para panquecas não se pode estragar. 

No entanto, se a definição do termo for qualidade inferior ou aparência de bolor se não armazenar os alimentos corretamente, então a sua mistura para panquecas pode certamente estragar-se. 

A mistura para panquecas contém apenas ingredientes secos, que podem ser conservados em prateleiras. Estes incluem farinha, sal, açúcar e agentes de fermentação (bicarbonato de sódio e/ou fermento em pó). 

A farinha, o sal e o açúcar têm um prazo de validade ridiculamente longo e podem manter a qualidade durante muito tempo. O bicarbonato de sódio e o fermento em pó também não se estragam tão facilmente, mas podem perder a sua potência ao fim de algum tempo, dando origem a panquecas menos saborosas. 

Outro problema é o bolor. O bolor não aparece por si só, mas como consequência de um mau armazenamento, ou seja, quando se deixa entrar humidade, porque o bolor alimenta-se de humidade. 

Assim, com base nesta informação, vamos ver primeiro qual é o prazo de validade exato da mistura para panquecas e, mais tarde, quais são as melhores práticas de armazenamento, de modo a evitar estas consequências negativas.  

Então, qual é o seu prazo de validade?

A mistura para panquecas é um daqueles ingredientes que podem ser guardados nas prateleiras, tal como o tahini, a farinha, etc. 

De facto, uma vez comprado o pacote de mistura para panquecas na mercearia local, pode esperar que dure cerca de 6 a 12 meses. 

No entanto, neste caso, é melhor verificar a "data de validade". Nessa altura, a sua mistura para panquecas oferecer-lhe-á a melhor qualidade possível, mas também pode consumi-la até 1 ano após a data impressa, se a embalagem não estiver aberta. 

Mas a minha recomendação é utilizá-lo nos 6 meses seguintes a essa data, porque a sua qualidade não se deteriorará muito nesse período de tempo. 

Quando se trata de uma embalagem aberta de mistura para panquecas, não há muita diferença. Se a guardar da forma correcta, manter-se-á boa durante exatamente o mesmo período de tempo, pelo que não se deve preocupar com isso. 

Pode comer-se massa para panquecas fora de prazo?

Curiosamente, a maioria das pessoas não sabe que a data de validade é, na realidade, uma "data de validade", o que significa que apenas indica durante quanto tempo os ingredientes manterão a sua melhor qualidade, e não durante quanto tempo serão seguros para consumo. 

O mesmo se aplica à mistura para panquecas, uma vez que, normalmente, é seguro consumi-la após essa data. Como já referi, manterá a sua qualidade durante alguns meses, normalmente até 6 meses. 

No entanto, após esse período, a sua potência começa a deteriorar-se lentamente e acelera rapidamente após 1 ano, embora ainda seja seguro para consumo se for armazenado corretamente. 

A causa desta deterioração da qualidade é o bicarbonato de sódio e o fermento em pó, que tendem a deteriorar-se após esse período. Assim, se utilizar uma mistura para panquecas com agentes de fermentação deteriorados, acabará por obter panquecas achatadas e em borracha, em vez de panquecas leves e fofas. 

Como corrigir a sua qualidade após a expiração?

Felizmente, existe uma forma de resolver este problema. Se não tiver a certeza de que a sua mistura para panquecas está no seu melhor, é melhor fazer um teste simples. 

Em primeiro lugar, basta preparar a quantidade certa de mistura para panquecas que está a planear utilizar para fazer as suas panquecas. 

Depois disso, faça uma única panqueca e verifique a sua qualidade. Se estiver leve e fofa, a sua mistura para panquecas está provavelmente boa e pronta para criar mais destes deliciosos doces. 

No entanto, se a textura e a consistência não forem as esperadas, é necessário fazer alguns ajustes, ou seja, adicionar um pouco mais de fermento em pó. 

Se estiverem tão achatadas que não as consegue comer, adicione 2 colheres de chá de fermento em pó por chávena de mistura para panquecas. 

Se não estiverem completamente horríveis, mas ainda não tão fofos como gostaria, adicione mais uma colher de chá por chávena de mistura para panquecas. 

Se estiverem bem até certo ponto, mas acha que poderiam beneficiar de um aumento extra, ½ colher de chá por chávena será suficiente. 

Um conselho adicional. Se tiveres bicarbonato de sódio e fermento em pó, adiciona 2 colheres de chá de fermento em pó e ⅛ colher de chá de bicarbonato de sódio por cada chávena de mistura para panquecas que usaste. Isto pode acrescentar uma qualidade extra, mas se não tiver bicarbonato de sódio, só o fermento em pó serve perfeitamente. 

No entanto, tenho de sublinhar que, se não tiver a certeza, é sempre melhor evitar comer mistura para panquecas fora de prazo, seja como for. 

Como saber quando é mau?

mistura para panquecas numa tigela

Já referi que a mistura para panquecas não se estraga facilmente da forma tradicional, mas existem certamente outras formas de se tornar intragável, pelo que é muito importante conhecê-las. Aqui estão as sinais de deterioração:

- O bolor é o maior inimigo: Embora a mistura para panquecas provavelmente não ganhe bolor por si só, o armazenamento incorreto a longo prazo pode facilmente criá-lo. Por isso, se vir algum bolor ou manchas de bolor na embalagem, deite-a fora para se manter seguro. 

- Grandes aglomerados húmidos: Se não tiver a certeza de que há bolor, mas vir grandes aglomerados ou qualquer outro crescimento orgânico, deite o pacote de mistura para panquecas no lixo, especialmente se o saco tiver sido aberto. 

- Presença de insectos da despensa: Os parasitas, as larvas ou os ovos podem penetrar em qualquer tipo de alimento e não estão certamente lá para serem consumidos. 

- Fora do cheiro: Se a sua mistura para panquecas tiver um cheiro a mofo, azedo ou "estranho", algo está definitivamente errado e não deve continuar a usá-la. 

- Embalagem não selada: Se não notar nenhum destes sinais, mas a sua mistura para panquecas estiver meio aberta e descoberta há vários meses, deve deitá-la fora por razões de segurança. 

- 2 anos após a data de expiração: A mistura para panquecas pode manter-se boa durante muito tempo, mas é preciso conhecer os limites. Se tiver estado parada durante 2 anos ou mais, não a deve consumir. O USDA afirma que as misturas para bolos, brownies e pão podem durar 12-18 meses sem serem abertas e, depois de abertas, deve seguir a data de validade da embalagem. O mesmo se aplica à mistura para panquecas.

O Jornal Americano de Patologia Médica Forense cobriu a história de um jovem de 19 anos que comprova esta tese. Nomeadamente, ele comeu duas panquecas feitas com uma mistura para panquecas aberta que tinha 2 anos, teve um choque anafilático e morreu. 

Tendo em conta este facto, é preciso ter muito cuidado com as misturas para panquecas antigas. 

Mais uma nota: Saiba que os grumos secos são bastante normais, ou seja, não são um sinal de alarme, e pode desfazê-los utilizando simplesmente um garfo ou uma colher de chá. 

Como armazená-lo corretamente?

Agora vê que existe a possibilidade de a sua mistura para panquecas se estragar, especialmente se ficar bolorenta. Para além de conhecer o prazo de validade, é também muito importante saber como armazená-la corretamente para evitar esta situação. 

Se acabou de comprar a mistura para panquecas na mercearia ou no supermercado e não a abriu, deixe-a na embalagem original e guarde-a na despensa. 

Tenha em atenção que o local deve ser fresco e seco, bem como afastado de qualquer luz solar direta ou fontes de calor elevado. Isto porque estas condições podem facilmente criar humidade e, consequentemente, provocar a formação de bolor. 

Quando se trata do saco aberto, o segredo é fechá-lo bem. Pode deixar a mistura no saco original, mas tem de o selar com um atilho ou um clipe de selagem. 

Isto manterá a humidade, os esporos de bolor e os insectos da despensa afastados. Além disso, guarde o saco num armário. 

Se quiser ter ainda mais certeza da segurança da sua mistura para panquecas, pode transferi-la para um recipiente hermético ou simplesmente transferir a embalagem original para um saco que possa ser fechado novamente. 

É possível congelar ou refrigerar a mistura para panquecas?

Embora a refrigeração e o congelamento sejam geralmente capazes de prolongar o prazo de validade de muitos alimentos, como congelação da farinha por exemplo, não são tão bem sucedidos no que respeita à mistura para panquecas. 

É provável que aumente o prazo de validade da mistura durante algum tempo, mas nada de significativo. 

Para além disso, a maioria dos fabricantes recomenda que se evite a refrigeração, uma vez que o fermento em pó pode perder a sua potência mais facilmente a temperaturas mais baixas. 

Por isso, não está fora de questão fazer a mistura para panquecas e congelá-la, caso queira as suas panquecas rapidamente, em vez de confiar na mistura. 

Depois de congelado, não precisa de o descongelar. Basta mexer um pouco e estará pronto para fazer as suas panquecas perfeitamente deliciosas. 

Conclusão

Então, a mistura para panquecas estraga-se? Aqui estão algumas conclusões importantes: 

- A mistura para panquecas não se estraga da forma tradicional, mas pode ganhar bolor ou ser infetada por pragas se não for armazenada corretamente. 

- A mistura para panquecas fechada dura cerca de 1 ano, mas para obter a melhor qualidade, deve ser consumida no prazo de 6 meses. 

- Depois de o abrir, utilize-o no prazo de 6 meses para obter a melhor qualidade. 

- Ao armazenar a mistura para panquecas, é essencial selá-la bem e mantê-la num local fresco e seco, longe da luz solar direta e de fontes de calor, de preferência na despensa. Depois de aberta, é melhor transferi-la para um recipiente hermético.